Hidratação com água de arroz: descubra como usar nos cabelos e pele

0 184

O skincare está na moda! A palavra pode até ser americana, mas o autocuidado é algo que as brasileiras entendem muito bem. Elas vivem em busca de receitinhas caseiras para auxiliarem em tratamentos de beleza. E, convenhamos: não há nada melhor que uma boa dica de faça você mesmo e com o que tiver em casa, não é mesmo? Pensando nisso, vamos falar sobre a hidratação com água de arroz para pele e cabelos.

Parece estranho, mas não é. A técnica de hidratação com água de arroz foi utilizada há muitos séculos por mulheres asiáticas, principalmente as chinesas e japonesas. O arroz contem propriedades como aminoácidos, vitamina E e antioxidantes e sua água ajuda no rejuvenescimento.

Benefícios

  • Acelera o crescimentos dos fios
  • Ajuda na queda capilar:
  • Fortalece e Restaura as madeixas
  • Reduz o frizz

Portanto, se você está passando por uma transição capilar, a hidratação com água de arroz é perfeita para você não esperar tanto para ver suas madeixas brilhosas e fortalecidas.

Como preparar a hidratação com água de arroz?

Primeiramente, é necessário que você deixe o arroz de molho por pelo menos 24 horas. É neste procedimento que ele irá liberar os componentes eficazes para tratamento de pele e cabelo. Separamos algumas receitinhas para você aprender a fazer em casa. Confira:

Receitinha 1 – hidratação simples

  1. Separe 1 xícara de chá de arroz e coloque em um pote para duas xícaras de chá com água filtrada
  2. Tampe o pote e deixe por 24 horas descansando (neste período a mistura irá fermentar)
  3. Coe a água e reserve num borrifador
  4. Lave seu cabelo com shampoo, enxague normalmente e passe a água de arroz no couro cabeludo
  5. Massageie em círculos e prenda
  6. Deixe agir por 30 minutos
  7. Sem lavar, aplique um creme de hidratação de sua preferência e aguarde mais 20 minutos
  8. Enxague e pronto! Está feita sua hidratação com água de arroz.

Receitinha 2 – hidratação com água de arroz e maisena

  1. Em uma tigela, separe 5 colheres de sopa de arroz cru e cubra com água.
  2. Espere a fermentação natural por até 40 minutos.
  3. Coe a água
  4. Numa panela, coloque essa água com 2 colheres de maisena.
  5. Em fogo brando, mexa até virar uma mistura homogênea
  6. Espere esfriar e acrescente 2 colheres de sopa de um creme hidratante de sua preferência
  7. Após lavar o cabelo apenas com shampoo, aplique essa misturinha nas pontas do cabelo e massageie o couro cabeludo.
  8. Deixe agir por 30 minutos
  9. Enxague com água corrente.

Receitinha 3 – água do arroz cozido

  1. Num recipiente, coloque uma xícara de chá de arroz cru com duas xícaras de chá de água filtrada.
  2. Tampe e reserve por 12 horas
  3. Coloque o arroz com essa água em uma panela e deixe ferver por até 15 minutos
  4. Coe a água e descarte esse arroz
  5. Espere secar e transfira a água para um borrifador
  6. Lave o cabelo apenas com shampoo, enxague normalmente e borrife a água do arroz em todo o cabelo
  7. Enrole e deixe agir por 20 minutos
  8. Lave com água fria e pronto. Finalizou mais uma hidratação com água de arroz.

Água de arroz para pele

Por todas suas propriedades, o arroz também é um excelente produto que auxilia em tratamentos caseiros para pele. Veja os benefícios para a hidratar a pele com água do arroz:

  • Diminui as manchas
  • Reduz espinhas
  • Diminui os poros
  • Reduz a oleosidade
  • Alivia a dermatite

Para realizar o tratamento na sua pele, você vai fazer o mesmo procedimento acima, deixando 1 xícara de chá de arroz de molho com 2 xícaras de água por até 24 horas.

Esse processo irá fermentar o arroz e soltar as propriedades necessárias. O recomendado é aplicar a água do arroz com um algodão diretamente no rosto ou até mesmo na região onde há dermatite, por exemplo. Sempre deixando agir por no máximo 30 minutos e depois lavando com água fria.

Para tratamentos de Eczema, conhecidos como dermatite atópica, a receita da água de arroz auxilia na redução da coceira e demais irritações. Se a área afetada por um pouco maior, recomenda-se substituir o algodão por uma toalhinha. E lembre-se: métodos caseiros não substituem o tratamento acompanhado com seu médico.