Marmita Fit: sugestão de cardápio para uma alimentação equilibrada

0 596

Trabalho, casa, academia…os afazeres do dia a dia muitas vezes nos sobrecarregam e com as inúmeras funções que exercemos, acabamos deixando de lado a boa alimentação. Pensando em oferecer estratégias de como facilitar esse lado da vida, separamos dicas de como preparar uma marmita fit para uma alimentação equilibrada.

O que é marmita fit?

Fit vem de fitness que traduzido do inglês significa ‘ginástica’. Na outra tradução, para nós brasileiros, fit é reduzido e está associado também a opções de emagrecimento.

Cada vez mais, a marmita fit tem conquistado as pessoas que estão querendo reeducar a alimentação. Além de ser uma forma prática, tanto para armazenar quanto para carregar a qualquer lugar, as marmitas fit se tornaram a maior aliada da dieta balanceada do brasileiro. Com sua marmitinha fit fica muito mais difícil você consumir um salgado gorduroso na hora do almoço, por exemplo.

Como preparar uma marmita fit?

Marmita fit como escolher os alimentos
Alimentos frescos e com nutrientes são os recomendados (Foto: Freepik)

Antes de pensar em montar sua marmita fit é necessário que você tenha organização. Este é o primeiro passo para você montar seu próprio cardápio semanal e ir intercalando no dia a dia. Assim que tiver essa estrutura, vale muito a pena reservar um dia da semana para a produção deste preparo.

Escolha dos alimentos

A escolha dos alimentos é muito importante nesse momento. Vegetais, proteínas e carboidratos entram na dieta balanceada que trará uma opção a mais de alimentação saudável para o seu organismo. Primeiramente, escolha receitas que podem ser congeladas. Prepare as receitas e monte as marmitas de acordo com a quantidade de comida que você costuma comer. Deixe esfriar antes de levar ao freezer para garantir que irá congelar de maneira correta.

Como fazer as combinações certas?

A dica ideal para fazer as marmitas fit está em investir num alimentos com mais poderes nutritivos. Já que será um alimento que vai ser congelado, que opte pelos mais saudáveis possível. Como:

  1. Grãos – arroz integral
  2. Legumes – cozidos no vapor
  3. Proteínas – frango desfiado, frango em cubos, carne moída ou carne em tiras ou cubos

Escolha dos recipientes

Há modelos retangulares, redondos, de dois andares e com divisórias. A prática de carregar para o trabalho também já virou costume para quem passa horas fora de casa e quer ter uma alimentação mais equilibrada.

Uma dica para a montagem está em escolher recipientes fáceis para o uso em congelador e micro-ondas. Recomendamos potes de vidro herméticos e plásticos mais resistentes. Feito isso é só separar um espaço no congelador para armazenar os potinhos. Se preferir, organize o nome do prato com uma etiqueta e vá diversificando no seu dia.

Se a sua marmita não há divisórias, uma boa dica é colocar um terço para cada alimento. Desta forma, além de equilibrar os ingredientes, você terá uma refeição completa e balanceada.

Sugestão de cardápio semanal saudável

  • Segunda -feira: arroz integral com mix de legumes e filé de frango grelhado
  • Terça-feira: batata doce cozida com frango em cubos refogados e brócolis
  • Quarta-feira: purê de batata com mix de legumes e filé de peixe grelhado
  • Quinta-feira: arroz integral com carne moída e abobrinha refogada
  • Sexta-feira: arroz integral, frango com alho poró e creme de leite e mix de legumes

O que não pode congelar na marmita?

Dentre os alimentos que não ficam saborosos se congelados estão:

  • Vegetais crus
  • Ovos cozidos
  • Batatas (ela dissolve completamente)
  • Macarrão sem molho
  • Maionese
  • Leite, iogurte e queijos cremosos não ficam bons se congelados

 

Mas e as saladas frescas? Como fazer?

Indicamos acima os alimentos quentes que complementam a marmita fit. Porém, há inúmeras opções de saladas frescas para você investir no dia a dia.

Pela praticidade, no dia em que você for realizar o preparo das marmitas fit, invista também na organização das folhas para consumo. A couve, por exemplo, é ideal que você já deixe higienizada e picada, para facilitar no decorrer da semana. Alfaces, rúculas e agrião também. Lave bem, higienize e organize em potes na geladeira.

A cenoura ralada também suporta um tempo a mais se for bem armazenada. E a beterraba – tanto cozida quanto crua fica uma delícia no cardápio fit.

Invista nos temperos. Use a abuse de ervas para compor a sua alimentação saudável. Use azeite sim, mas moderadamente. Opte também por comprar tudo na feira livre do fim de semana e da maneira mais natural e orgânica possível. Uma boa alimentação depende muito de seu fornecedor.

Fazendo essa organização você otimizará o seu tempo e conseguirá entrar na lista de pessoas que ponderam a alimentação, principalmente se ela for balanceada e saudável.

Como preparar a marmita fit?
Em potinhos, organize toda a comida da semana e congele (Foto: Divulgação)